Wellness shot com Ana Krausz

Sport

Wellness shot com Ana Krausz

por6 Abr 2017 lmanifesto

Com a chegada da Primavera e dos primeiros raios de sol, do aroma das flores e do jasmim, do pôr-do-sol interminável e do anoitecer tardio, o nosso humor melhora significativamente e, claro, as nossas prioridades parecem redefinir-se à velocidade da luz, do dia para a noite. Quando falamos em prioridades referimo-nos a toda uma temática de healthy living que, apesar de ganhar cada vez mais adeptos, para muitos ainda se mantém como algo de inalcançável ou, simplesmente, sazonal. O objectivo passa por vestir aquele biquíni incrível e desfilá-lo pelo areal with no concerns!

Pois bem, falar em healthy lifestyle, em body & soul, leva-nos ao encontro de uma jovem muito especial e inspiradora, Ana Krausz, do Krausz Department.

Para quem não conhece a nossa convidada, Ana, é uma comunicadora nata, carismática com uma força e genica fora do comum, daquelas pessoas que "transpira" boas energias e que, para além de consultora de comunicação, tem ainda o seu blog onde explora o tema da alimentação e vida saudáveis, uma health coach autodidacta!

 

Texto: Margarida Marinho

Fotografia: Soraia do Carmo

Para surpresa nossa, Krausz não só prontamente aceitou conversar connosco como nos convidou para um almocinho deli em sua casa que, by the way, fica bem no centro de Lisboa e tem aquela luz inconfundível e maravilhosa. Queríamos falar um pouco sobre a Ana, sobre o seu invejado "livro” de conduta e, claro, trazer algumas dicas que pudéssemos reproduzir em casa, sim, porque aquelas receitas que estamos habituadas a ver no seu instastories são incríveis e se tivessem a opção click and buy now, Krausz não teria mãos a medir para tantas encomendas... a verdade é que os olhos comem bem mais do que a barriga!

O tempo era curto mas a nossa anfitriã fez magia e mostrou que é possível colocar o fast food de lado e preparar 3 pratos individuais híper saudáveis e deliciosos desde que tenhamos imaginação e vontade. O menu? Salada de noodles de courgette com grão envolvido em óleo de coco e curcuma, rebentos de coentros e amêndoas, acompanhado de queijo cottage e lindas flores (comestíveis!).

Enquanto Ana fazia a sua magia e preparava os ingredientes, fomos pondo a conversa em dia. 

Nem tudo são rosas e com a frontalidade que a caracteriza, Ana contou que viu, há um par de anos, a sua vida dar uma reviravolta. Quando falamos em reviravolta, falamos em situações problemáticas, mas que sendo interpretadas e processadas sob um ponto de vista positivo e de mudança, acabam muitas vezes por estar na base de grandes e significativas transformações!

 

Quero passar a mensagem da importância de comer bem, é um cliché, mas é a verdade e foi essa consciência que me ajudou a dar a volta por cima a todos os níveis! O meu trabalho tem uma vertente social muito grande e acelerada, de clientes ligados ao lifestyle e gastronomia e isso fazia com que estivéssemos constantemente em almoços e jantares de apresentação, sem restrições, muitas vezes a comer coisas deliciosas mas às quais não estava habituada. A par disso parei totalmente com o desporto. Cheguei a um momento de ruptura e foi aí que começaram a surgir os problemas de estômago, ao ponto de acordar a meio da noite com má disposição, os problemas de pele e o inevitável e temido stress. Foi então que senti que tinha de fazer alguma coisa por mim e avancei para um check-up geral. Por incrível que pareça, depois de uma bateria de testes os resultados foram satisfatórios mas a verdade é que o problema persistia. Aí sim, o diagnóstico estava feito, o meu estilo de vida estava a envenenar-me aos poucos! Como curiosa nata que sou decidi começar a explorar e a ler tudo sobre smoothies, alimentação saudável e fui experimentando coisas em mim! Retirei uma série de alimentos e fui substituindo por outros! Para controlar o craving fora de casa comecei com as marmitas! A par disso, voltei ao ginásio e ao desporto!

Passos pequenos e ponderados mas que se foram tornando cada vez mais consistentes e destemidos.

O início é sempre complicado, a nossa vida tem de ser prática, trabalhamos muito, os horários são pouco flexíveis, temos namorados, maridos, filhos e, às vezes, torna-se mais fácil optar por comidas não tão saudáveis, é verdade! Mas depois de ultrapassares essa fase, de deixares que entre na tua rotina, chegas lá! Se fores buscar a inspiração certa, então ainda melhor!

Nessa altura, faz agora 4 anos, foi também o momento em que começaram a aparecer as musas do fitness, a Gabriela Pugliese, a Carol Bufara que partilhavam aquelas receitas incríveis e os segredos de todos os treinos e foi aí que pensei: porque é que não posso fazer o mesmo?! Em Portugal não havia assim tantos conteúdos dedicados ao tema wellness e foi incrível porque acabou por se tornar numa partilha e numa conversa super interessante. Divulgava as minhas rotinas pré e pós-treino, os meus almoços, os meus snacks e foi aí que me começaram a incentivar a criar o blogue que funcionaria como um guia. E assim foi!

 

Habituei-me a comer bem, hoje em dia a minha alimentação é 90% clean e isso é muito benéfico porque me traz outra calma, outra paz, e despertou-me para uma nova paixão, o receber pessoas e cozinhar, não apenas para mim, mas para elas! Em vez de chegar a casa e ler um livro, ou ver netflix, sim porque a minha tv ainda está embalada, dou por mim a encaminhar-me para a cozinha e fazer, por exemplo, uns muffins. Cozinhar relaxa-me imenso!

Quando comecei a enveredar por esta vida mais saudável, cozinhava com a finalidade de comer bem, hoje em dia, descobri que o faço por outros motivos, porque gosto, porque me dá prazer, tal como gosto de sair com amigos, de comer um brunch fora, de ler um livro... já faz parte dos meus hobbies!

 

Adoro experimentar coisas novas e vou buscar inspiração a imensas pessoas lá fora, em Portugal, sigo a Mafalda Pinto Leite, a Marta Braga e a Samantha McMurray. No entanto, no momento, estou obcecada com LA e sigo imensa gente de lá! A loucura é de tal forma que em Agosto vou lá passar uma temporada. Na verdade, essa foi uma das minhas resoluções para 2017: viajar, viajar muito! Vou para Bali no próximo mês e depois LA. Mas, desta vez, vai ser diferente, quero usufruir de outros prazeres nas minhas viagens, anteriormente, saía daqui com quase tudo programado, desde restaurantes, lojinhas, galerias, agora quero ter outro tipo de experiências e já tenho agendados alguns workshops, quero sentir e receber o que cada sítio tem para me dar de uma forma especial! Claro que quem viaja comigo sabe que vai passar muito tempo em supermercados e espaços biológicos, sim, porque consigo perder-me e ficar horas a pesquisar mas, agora, quero ainda mais!

 

Hoje em dia há quem diga que esta temática da vida saudável, dos produtos biológicos da alimentação healthy é um grande negócio e não passa de uma moda. Sinceramente, não vejo mal nenhum nisso e se assim for, é uma corrente saudável que acaba por inspirar milhares de pessoas a mudar para melhor, logo é positivo! Há uma maior e mais eficaz consciencialização, uma educação e um alerta para temas que anteriormente nos eram desconhecidos!

Preocupo-me com o meu inner being, aliando uma alimentação cuidada com uma vertente mais holística, desenvolvi uma paixão e uma curiosidade pela astrologia e cristais, pelos óleos essenciais aplicados quer à beleza quer à casa! Hoje em dia só uso óleos essenciais nas minhas rotinas de beleza e os resultados são óptimos! Daí LA estar na minha lista de places to know!

Esta evolução foi se dando de uma forma natural, sou uma curiosa, mas é interessante ver como o meu percurso e papel foi mudando. Era uma miúda totalmente moda, estagiei na Vogue, trabalhava na área e agora vejo-me de uma forma diferente. Sinto que tem tudo a ver com uma busca interna, que se tem propiciado pelo que vou vivendo mas, também, porque deixei de negar uma sensibilidade que sempre senti e soube que tinha! Já a minha avó era muito ligada às energias e lembro-me de, em pequena, ter chagado a minha mãe para me comprar uma colecção de cristais e pedras preciosas que saía com o jornal! Contudo, começo a entender que, às vezes, a vida que nos leva para outros caminhos acaba, mais cedo ou mais tarde, por nos alinhar o norte. É precisamente essa junção, do wellness como um todo aliada à minha experiência e ao know-how que fui adquirindo que me faz amar esta área e sentir que posso transmitir uma mensagem positiva e de mudança!

Et voilá, lunch was served! Temos de confessar que, depois de vermos o prato finalizado, não tinhamos vontade de o provar, de tão bonito que estava! Mas, mais do que um almoço delicioso e das dicas que fomos apontando, foram as palavras de inspiração que nos serviram de alimento à alma!

 

© 2017 L Manifesto

Este é o nosso Manifesto!

Um livre-trânsito para os behind-the-scene, os closets, as casas e espaços intimistas afastados dos olhares e do escrutínio do público.

ou

Ao submeter o meu email aceito receber notícias e informações sobre L’ Manifesto concordando com a Política de Privacidade.

Fechar