Mafalda Patrício

Mafalda Patrício

Chegou e, automaticamente, transformou a atmosfera do ponto de encontro. Uma blondie incrivelmente bronzeada, linda, e com uma energia e atitude contagiantes- características que contrastam com a sua silhueta delicada e petite.

A sua boa disposição, mesmo sendo esta a primeira vez que nos cruzamos, é absolutamente notória e uma constante nas histórias e fotos que vai partilhando na sua página de instagram, que conta já com mais de 46.000 seguidores. #quiteabit

Já aqui falámos sobre o fenómeno da geração de digital influencers, cujo peso e notoriedade sobe de dia para dia. Um grupo que revolucionou os alicerces supostamente mais do que sedimentados do universo Moda e, naturalmente, a forma de a interpretar e consumir.

 Mafalda Patrício faz parte dessa elite que nos inspira, surpreende e guia.

 

Texto e Produção: Margarida Marinho

Fotografia: Maria Rita

Maquilhagem e Cabelo: Joana Bernardo

Ler Intro

12

A Mafalda

De perfil totalmente citadino, adora e faz questão de estar bem no centro do burburinho ininterrupto e inquietante da capital. Vive em Lisboa e no mesmo endereço desde que nasceu há uns tenros, mas valiosos e enérgicos 24 anos.

Terminou a licenciatura de Design há pouco mais de um ano e, desde então, entregou-se a um momento de descoberta pessoal, de autoconhecimento que lhe tem proporcionado experiências maravilhosas. Acredita que a cada dia que passa se encontra mais próxima de descobrir aquilo que verdadeiramente a realiza e quer fazer; já tem, obviamente, algumas certezas, mas a procura ainda não terminou.

Entretanto, vai viajando e reunindo insights, vivências e memórias que a distinguem e enriquecem, conferindo-lhe uma visão particular e abrangente de um mundo que vai desbravando e partilhando. Não é esse o mote das novas gerações?

A experiência, o desejo e a força de criarem as suas próprias oportunidades, pelas quais vão flutuando de acordo com a motivação e o desafio em si.

 

O último ano valeu a Mafalda viagens inesquecíveis: Colômbia, Paris, Madrid, Barcelona, Austrália, Brasil, Singapura, Marrocos, Ibiza, numa mistura de trabalho de manequim/influencer com o, tão desejado e inevitável, turismo.

Já fazia alguns trabalhos como modelo e chegou também a desenvolver algumas peças para uma marca portuguesa, trabalho esse que adorou. Enfatiza, no entanto, que o instagram a catapultou para um mundo com o qual se identifica e que lhe permite transmitir um pouco da sua sensibilidade, da sua visão e do seu sentido de estilo.

Para Mafalda, a moda tem de ser divertida. Adora antecipar tendências, brincar e conjugar peças que, à partida, pertenceriam a castas adversárias, mas que, depois de trabalhadas e com uns pozinhos de carisma, não só funcionam como se transformam num coordenado que entra na categoria de “most wanted”. Essa predisposição e know how levaram-na, muito naturalmente, a cativar seguidores e fãs do seu estilo. Revela que inicialmente o instagram não passava de uma ferramenta de diversão e que adorava os filtros da app, mas de um momento para outro, os seguidores começaram a crescer, o feedback a aumentar e os convites a aparecer. Apesar de uma triagem de conteúdos, Mafalda mostra a vida de uma rapariga nos mais variados cenários do dia-a-dia,  uma realidade que aumenta a identificação por parte de quem a segue.

Sente-se  um toque de extravagância que em muito lhe é conferida pela espontaneidade e autenticidade com que se expressa, com que desvaloriza obstáculos e segue em frente.

Como afirma: “sou do verbo ir”, adora sair à noite, adora ir a festivais e o Lux está na lista dos seus locais favoritos. Não foi lá que fotografámos, mas poderia perfeitamente ter sido.

Ler Capítulo 1

22

Sol de Inverno

Apesar de ser na cidade que se sente bem, a praia é um dos much needed spots de Mafalda- dá para avaliar pelo seu bronze invejável em pleno mês de Outubro.#vitaminsea

Desta vez, prestigiámos não o Verão e as altas temperaturas, mas o nostálgico, sereno e maravilhoso Sol de Inverno. No Guincho, fomos recebidos por uma brisa fria, pelo som das gaivotas que voavam para Terra, antecipando uma tempestade que se afastava da linha do horizonte e consumia o azul pálido do céu.

Um cenário, cuja beleza de tirar o fôlego, competiu com o azul profundo do olhar de Mafalda. Aqui, o requisito conforto era a palavra de ordem.

Ler Capítulo 2

© 2017 L Manifesto

Este é o nosso Manifesto!

Um livre-trânsito para os behind-the-scene, os closets, as casas e espaços intimistas afastados dos olhares e do escrutínio do público.

ou

Ao submeter o meu email aceito receber notícias e informações sobre L’ Manifesto concordando com a Política de Privacidade.

Fechar