Inês Cunha

Inês Cunha

Uma beleza transmontana. De cabelos longos, pretos, sotaque delicioso e um sorriso rasgado.

Nasceu em Vila Real, actualmente vive no Porto, mas é em Amarante, na casa de família rodeada de jardim e da natureza, que o seu coração permanece. É lá onde se refugia aos fins-de-semana, sempre que tem disponibilidade.

É nesta casa, mais precisamente na cozinha que descreve com tanto amor, que partilha verdadeiros momentos de ternura e aprendizagem… mais para a frente explicaremos o porquê.

21 anos, finalista do curso de Assessoria e Tradução, Inês Cunha dedica-se actualmente à sua área de eleição: a cozinha, melhor dizendo, a Pastelaria.

Provavelmente já leu algumas dicas da Inês no Blog Cooklicious, é lá que partilha as suas receitas e rotinas saudáveis.

Tendo em conta que a época balnear se aproxima a ritmo galopante, não haverá melhor timing para revelar o exemplo de uma convidada que pratica o lema de healthy living sem radicalismos e, acima de tudo, sem abdicar do sabor.

Recebeu-nos no horário da sua refeição favorita e preparou-nos uma mesa com diversas opções saudáveis e, comprovadamente, deliciosas. It’s brunch time! #healthy #cooking #lifestyle

Bem-vindos a mais um Manifesto!

 

Fotografia: Dulce Daniel

Make up & Cabelo: Xana Lopes

Texto e Produção: Margarida Marinho

Ler Intro

13

Inês

Uma família pequena, mas muito próxima: pai, mãe e duas filhas. A Inês é a mais nova.

Logo nos primeiros momentos de conversa, percebemos que existe uma extrema admiração quer pela figura maternal, quer pela paternal. Na verdade, ambos tiveram um papel determinante e serviram de inspiração para as suas filhas, porém, profissionalmente detectámos uma clara influência do pai. Ora vejamos.

Júlio Cunha, um professor de Geometria e Desenho, que pinta os quadros cheios de personalidade que se encontram em destaque e espalhados por vários compartimentos do apartamento onde vive a nossa convidada. Como se não bastasse, para além dessa veia artística mais ligada ao traço e ao papel, Júlio dedica-se à cozinha de autor/gourmet. Inês brinca e diz, com orgulho, que sempre que almoçam ou jantam fora, um dos “exercícios” inconscientes resume-se a descodificar e interpretar, em detalhe, todos os elementos presentes na iguaria em questão e depois, quiçá, tentar reproduzir.

Em casa, apesar de confessar que adora ter a cozinha por sua conta, as experiências, as degustações e os empratamentos são um ritual partilhado, muitas vezes, a dois.

Lá em casa, o prato mais simples é sempre decorado com cuidado!.

Os fins-de-semana significam, muitas vezes, acordar bem cedo, antes de toda a família e preparar um pequeno-almoço farto. Adora. Panquecas, waffles de aveia, sumos naturais, bolos saudáveis e cookies de frutos silvestres- estas são algumas das opções que não podem faltar e que adora fazer.

É daquelas pessoas que transmite imensa tranquilidade, sempre bem-disposta e com um sorriso tímido, mas doce. No entanto, confessa ser um tanto ou quanto acelerada e que não consegue estar parada. Aliás, o curso de Pastelaria foi um presente da mãe na tentativa de a ajudar a contornar essa issue e a explorar a área que tanto gosta, enquanto se dedicava a terminar a última cadeira da licenciatura.

Adora viajar. Conta que todos os anos fazem uma viagem em família, e que a essas experiências deve a vontade incessante de conhecer, de explorar, de testar. Sempre quis ser hospedeira de bordo, esse foi o grande motivo que a levou a escolher esta licenciatura e, na verdade, o meio para atingir um fim: o de conhecer outros países e culturas, experimentar o máximo de sabores, e recolher inspirações que a ajudem a enriquecer o palato e a caminhar na direcção que tanto deseja - abrir um espaço seu em Amarante. #determined

Por enquanto, dedica-se a executar e aprender quais as bases tradicionais da pastelaria, as conjugações de ingredientes, as técnicas e os materiais, para que, mais tarde, possa fazer o que mais prazer lhe dá: criar as suas próprias combinações, desconstruir as receitas originais, mais calóricas, e traduzi-las em soluções mais saudáveis e igualmente saborosas. O próximo desafio? Um estágio num dos mais conceituados restaurantes portugueses, com estrela Michelin: a Casa da Calçada, em Amarante. Posteriormente, gostaria de passar pela Cordon Bleu, um das mais conceituadas escolas de cozinha e confeitaria.

A irmã mais velha, Maria João, bem, quase poderíamos dizer que são gémeas, tal é a semelhança, vive em Londres há cerca de 2 anos. Inês vai lá com alguma frequência e, para além de matar saudades da sua irmã e bff, não perde uma oportunidade de passar pelo número 18-20, na Weighhouse Street, e provar as mais deliciosas propostas de Ella Woodword, a sua grande referência no mundo do Healthy Living.

Os livros, esses, já se encontram em lugar de destaque nas prateleiras e são ferramenta de inspiração diária.

Acima de tudo, para Inês, o acto de preparar, cozinhar e servir é um processo que, traduzido, nada mais significa do que um acto de amor num dos seus múltiplos formatos.

Ler Capítulo 1

23

Rotina

Já no capítulo anterior falámos que Inês adora levantar-se cedo. Pois bem, o cedo é mesmo cedo. O despertador está marcado para as 6h40, no entanto, quase nunca toca porque Inês já se levantou cerca de 10 minutos antes.

Não é daquelas pessoas que tem o snooze como melhor amigo, não. Não perde tempo a adiar o inadiável e, na verdade, não lhe custa muito porque se considera uma pessoa que adora a manhã e, acima de tudo, adora ter tempo para se preparar sem pressas e tomar o pequeno-almoço com calma.

Primeira rotina do dia? Uma chávena de água morna com bastante limão, o purificante diário do qual não abdica e que lhe permite preparar o corpo para o dia que acaba de começar. Uns ovos mexidos são, frequentemente, uma opção para os dias úteis, as panquecas, também, porque independentemente dos ingredientes escolhidos (alfarroba, aveia, banana…) ficam sempre óptimas e são rápidas!

Se o horário permitisse, o ginásio ficaria para as 7h, tal como quando frequentava a licenciatura, mas agora as aulas começam bem cedo, como tal, a solução passa por ir ao final do dia. Gosta de fazer cycling, mas a sua modalidade favorita é mesmo a musculação, o segredo para um corpo tonificado e definido. Cardio? Please, no!

Se puder, vai todos os dias. Se estiver de férias arranja sempre forma de fazer uma aulinha aqui e outra ali, sente que lhe é vital! A sua predilecção pelo desporto é clara e nem nesta hora descura do look… adora os conjuntos fitness e no seu roupeiro existe um leque variado de opções.

Tal como cozinhar em casa, o ginásio funciona como uma terapia. É la que liberta toda a ansiedade e stress inerentes à vida na escola de cozinha.

Já arranjou alguns mecanismos que lhe permitem contornar as situações mais extremas no trabalho porque, sim, o ambiente que se vive dentro de uma cozinha com timings apertadíssimos, procedimentos híper minuciosos e pratos que têm de sair num curto espaço de tempo, conseguem acelerar o batimento cardíaco da pessoa mais tranquila.

Na pastelaria, ao contrário do que acontece na cozinha, não se pode mesmo errar um grama que seja, aí reside a diferença entre conseguir concluir a receita ou não.

Pode parecer engraçado que uma adepta do healthy living se dedique a estudar pastelaria, mas, no fundo, o objectivo da Inês é precisamente o de ajudar a criar opções doces saudáveis e criativas para si e para os seus seguidores.

Ler Capítulo 2

33

Cooklicious

Até entrar na faculdade e, enquanto ainda vivia em Amarante, Inês gostava de fazer bolos. Cozinhar? Nem por isso. O papel de “chef” de serviço estava reservado para o pai, o seu maior crítico e motivador.

O tempo foi passando e quando chegou a vez de se mudar de “armas e bagagens” para o Porto e, apesar de a irmã ainda cozinhar durante os primeiros tempos, surgiu, pela primeira vez, a necessidade de fazer as suas próprias refeições tout les jours e de fazer os seus maravilhosos pequenos-almoços. Uma coisa levou a outra. Por hobbie, começou a partilhar esses conteúdos no instagram e, inevitavelmente, os seguidores começaram a surgir em catadupa.

O mote estava dado. Com o passar do tempo ganhou ainda mais jeito e gosto pela cozinha: gostava de fazer testes, de aprimorar as versões e de ouvir a opinião dos que a rodeavam. Tudo começou a fluir.

Considera que a alimentação tem sofrido uma grande evolução nos últimos anos e que as pessoas já sentem o ímpeto de procurar soluções saudáveis, no entanto, recorrentemente, essas soluções não são tão rápidas quanto desejaríamos e, como tal, difíceis de encaixar no pouco tempo disponível para preparar uma refeição.

Dedica-se a criar receitas, simples, com ingredientes que normalmente estão disponíveis numa mercearia e que podem facilmente ser reproduzidas. Procura combinar, sempre que possível, numa só garfada, diversas texturas e sabores que se traduzam numa experiência única.

Muitas vezes o que falta é inspiração, criatividade. Temos de entender que existem soluções tão ou mais rápidas do que fazer um hambúrguer ou um bife e, muitas vezes, bem mais saborosas e ricas.

O tempo foi passando e Inês sentia a necessidade de criar uma identidade, de trazer a sua interpretação de um lifestyle saudável para uma plataforma que estivesse ao alcance de todos e onde pudesse partilhar as usas receitas e a sua postura na vida. Com a ajuda do pai e da irmã, designer gráfica, surgiu o blog.

Com uma estética clean, depurada, onde o trabalho da luz faz a diferença e traz ainda mais protagonismo para as delícias apresentadas, Inês conta com diversos fãs que a seguem e pedem dicas constantemente. Está ainda a começar, mas temos a certeza de que ainda vamos ouvir falar muito da Inês!

PS: O pão de banana sem glúten, os croissants e as panquecas de aveia, estavam awesome!

Obrigada Inês por nos mostrares que ser saudável pode ser simples!

Ler Capítulo 3

© 2017 L Manifesto